Lançamentos Notícias

Semipesado Tector ganha câmbio Auto-Shift

A IVECO, marca da CNH Industrial, apresentou ontem à imprensa especializada o caminhão Tector Auto-Shift, com câmbio automatizado de 10 velocidades e novo motor N67, da FPT Industrial, em três versões: 170E30 4X2, 240E30 6X2 e 310E30 8X2.

A FPT denvolveu o motor N67 para atender especialmente a nova versão da linha Tector da IVECO com transmissão automatizada. O propulsor entrega melhor consumo de combustível (até 5% menos) e mais potência e torque (300 cv e 1050 Nm) em todas as versões.

Novo propulsor N67 tem 300 cv e foi desenvolvido especialmente para a linha Tector

O Tector Auto-Shift foi submetido a 63 simulações e testes funcionais, rodando mais de 350 mil quilômetros para avaliações, feitas no Campo de Provas da IVECO, o primeiro do segmento na América Latina, e em trechos percorridos em rodovias, serras, vias urbanas, com e sem pavimentação, que colocaram à prova a resistência estrutural do veículo e o desempenho da transmissão Eaton.

O conjunto foi preparado para aproveitar o melhor da transmissão, que tem 10 marchas, aproveitando bem o desempenho do motor, além de possuir uma “super reduzida” para otimizar o desempenho em situações adversas, mesmo com o caminhão carregado.

Cãmbio automatizado de dez marchas facilita as manobras e melhora desempenho

Modos exclusivos – A IVECO desenvolveu também modos exclusivos para o Tector Auto-Shift, para aumentar a eficiência e a segurança da rodagem em diferentes operações. As principais melhorias são:

Pedal do acelerador otimizado: Permite que o motorista encontre facilmente a melhor zona de torque de motor.

Down Hill: Veículo engrena a 10ª marcha automaticamente em descidas, mesmo que o motorista não pressione o pedal do acelerador.

Power Auto: Espécie de botão “sport”, que permite o veículo aumentar sua velocidade.

Auto Coast: aciona a embreagem automaticamente quando o veículo atinge a 5ª marcha na desaceleração.

Kick Down: que ao pisar fundo no acelerador, a transmissão reduz uma marcha aumentando o giro do motor.

Skip Gear: dependendo da carga, velocidade e inclinação da pista o veiculo faz trocas fora da sequencia convencional.

Hill Holder: assistente de partida em rampa que mantém o veículo parado por 3s, facilitando o engate da primeira marcha – transição de tirar o pé do freio para o acelerador.

ASR: em condições de baixa aderência o sistema controla as rodas evitando que elas girem em falso.

Modo Manobra: movimenta o veículo em velocidade baixa e constante, sem trancos.

Related Posts