Cummins e Gillig vão fabricar ônibus elétricos

40
Acordo foi anunciado durante o APTA EXPO, importante feira comercial da indústria de transporte público

Da redação

A Cummins Inc., fabricante independente de motores Diesel e a Gás, e a Gillig, designer e fabricante americana de ônibus, anunciaram nova parceria durante o APTA EXPO, principal feira comercial da indústria de transporte público, que aconteceu em Atlanta, entre os dias 9 e 11 de outubro. O trabalho técnico entre ambas as empresas visa a integração e a otimização da nova tecnologia elétrica a bateria oferecida pela Cummins que, em breve, impulsionará os ônibus com zero emissões da Gillig.

O acordo de desenvolvimento em conjunto foi anunciado por Derek Maunus, presidente da Gillig, e Amy Boerger, vice-presidente de Vendas da Cummins para América do Norte, durante evento realizado no estande da Cummins. “A Gillig tem uma relação comercial já bastante consolidada com a Cummins e agora, com esta nova parceria, vamos compartilhar nossas respectivas metas em tecnologias e desenvolver, com a vantagem de uma visão conjunta, para fornecer a mais avançada tecnologia em eletrificação do mercado de ônibus para nossos clientes”, disse Maunus.

De acordo com Boerger, “o powertrain eletrificado da Cummins, exibido durante este evento, representa um grande avanço para a indústria. Estamos muito satisfeitos pelo fato de a Gillig ter o primeiro acesso a esta importante tecnologia de emissões zero. A parceria possibilita uma estreita colaboração técnica para que possamos acelerar a integração dos sistemas e o trabalho de otimização de desempenho para avançar em relação a outros setores”.

O trabalho de desenvolvimento inicial para a nova bateria elétrica aos planos de produção de ônibus eletrificado da Gillig será com foco na faixa de operação de 200 milhas (322 km) com uma única carga. O ônibus contará com um motor de tração dianteira com torque de 3.500 Nm e utilizará a energia do sistema de frenagem regenerativo. Um pacote de acessórios será alimentado pelo sistema Cummins. A implantação inicial do ônibus usará um carregador plug-in.

“Além do trabalho de desenvolvimento em conjunto de ambas as engenharias, a parceria também vai abranger toda a gama de suporte de serviços, diagnósticos, conectividade, planos de garantia e programas de treinamentos. Na Cummins, os trabalhos dedicados por nossa rede de atendimento ao cliente são tão importantes quanto as tecnologias que oferecemos”, acrescentou Boerger.

A Cummins atualmente alimenta a série Gillig de ônibus Low Floor, BRT, BRTPlus, Comutador e Trolley, com um amplo portfólio de Diesel limpo, gás natural quase zero e energia Diesel-híbrida. A adição de sistemas de energia eletrificada da Cummins à linha de ônibus se alinhará com os clientes que buscam introduzir ônibus de zero emissões em suas frotas. “A Cummins e a Gillig trabalham juntas desde a década de 1950 para introduzir inovadoras soluções de energia de ônibus. Estou realmente entusiasmado por continuar esse sucesso com uma nova era de ônibus elétricos”, observa Maunus.