Canal do Panamá adota novo sistema de agendamento de navios

6
A solução da Quintiq irá transformar a forma como o Canal do Panamá planeja e agenda as operações de trânsito.
A solução da Quintiq irá transformar a forma como o Canal do Panamá planeja e agenda as operações de trânsito.

A Quintiq, uma das marcas da Dassault Systèmes, especializada em planejamento e otimização da cadeia de suprimentos (SCP&O), anuncia que seu software foi selecionado pela Autoridade do Canal do Panamá (ACP) para planejar, agendar e otimizar todas as operações de trânsito de embarcações através do Canal, com o objetivo de reduzir custos e aumentar a segurança, a eficiência e a precisão como um todo.

“Por mais de um século, o Canal do Panamá tem se orgulhado de seu legado de inovação. Este sistema auxiliará essa herança a ir adiante, nos permitindo aproveitar todo o potencial da tecnologia para oferecer melhores soluções aos nossos clientes enquanto aumentamos gradativamente o gerenciamento do trânsito e nos adaptamos às mudanças do comércio global”, afirma Jorge L. Quijano, Administrador do Canal do Panamá.

A solução da Quintiq irá transformar a forma como o Canal do Panamá planeja e agenda as operações de trânsito. Pela primeira vez, o Canal será capaz de executar um plano operacional completamente integrado para todos os seus recursos críticos, incluindo rebocadores, pilotos e operadores de linha. O maior conhecimento das situações e dos dados geram melhores decisões que, por sua vez, ajudam a diminuir os riscos operacionais. Além disso, a Quintiq ajudará a reduzir custos por meio da otimização da forma pela qual o Canal planeja e programa seus recursos.

A solução da Quintiq impactará os carregadores que quiserem transitar na via fluvial, diminuindo o tempo de espera dos navios, aumentando o número potencial de slots para navios a cada dia e melhorando a precisão da rota em geral.

A decisão de adotar o sistema da Quintiq foi simples. Após a abertura bem sucedida da expansão no ano passado, o Canal experimentou um aumento da carga e do trânsito de maiores navios Neopanamax e, de fato, já bateu vários recordes de tonelagem até o momento. Em determinados momentos, o afluxo na atividade precisou de recursos adicionais para garantir que o alto desempenho e os padrões de segurança fossem mantidos. Entretanto, uma vez implantada, a nova solução permitirá que o Canal gerencie essas demandas e capacidades maiores com a máxima eficiência possível.

”Utilizando uma linguagem avançada de modelagem, seremos capazes de alavancar a matemática e os algoritmos de otimização de trajeto, restrições e programações gráficas para aperfeiçoar o agendamento e a utilização de recursos”, explica Arnoldo Cano, Gerente de Programa do Canal do Panamá para os Processos de Renovação e Sistemas Centrais do ACP. “De forma simples, a tecnologia é a melhor que existe e estamos animados em trabalhar com nossos parceiros da Quintiq para oferecê-la ao Canal e a seus clientes.”

Para Camilo Gaviria, Diretor da Quintiq para a América Latina: “O quebra-cabeça do planejamento do Canal do Panamá nos oferece a oportunidade de provar como a tecnologia de otimização da Quintiq, em tempo recorde, pode ajudar a incrementar o valor dos negócios. A alta eficiência é essencial para a operação do Canal e um planejamento de processo mais simplificado irá, por fim, oferecer a seus clientes uma significativa melhora de seu nível de serviço.”

“Estamos honrados por termos sido selecionados pelo ACP como seu sistema de planejamento. Estamos confiantes que a solução da Quintiq ajudará o Canal do Panamá a alcançar maior lucratividade e permitir que ainda mais navios possam transitar por lá nos próximos anos”, afirma Rob van Egmond, CEO da Quintiq.

A Quintiq estará totalmente integrada com as operações do Canal ao longo dos próximos dois anos. O módulo responsável pelo gerenciamento do agendamento das embarcações na via está planejado para funcionar no final do ano fiscal, em setembro de 2017.