BYD Destaque Mobilidade & Sustentabilidade

Frota elétrica de ônibus da BYD roda em Campinas

BYD K9

A Prefeitura de Campinas, no interior paulista, incorporou dez ônibus elétricos de piso baixo, do modelo K9, da montadora BYD do Brasil ao sistema de transporte público coletivo da cidade. A primeira unidade, entregue dia 14 de julho, entrará em circulação pela empresa Itajaí. Outra novidade também irá circular pelas avenidas de Campinas em breve, o ônibus elétrico articulado K11, que entrará em fase de testes pela BYD.

Dessa forma, além de abrigar as duas primeiras fábricas da BYD no Brasil, de ônibus elétricos e de painéis solares fotovoltaicos, a cidade de Campinas também será a primeira do país a operar uma frota de veículos elétricos à bateria para o transporte público. Trata-se de uma importante colaboração num momento em que as discussões sobre mobilidade urbana sustentável estão amadurecendo na sociedade.

Os dez ônibus elétricos K9, que entram em circulação em Campinas, são importados da matriz da BYD na China e, por isso, recebem a composição chassi e carroceria próprias da fabricante. Entretanto, quando o chassi for fabricado nacionalmente, as carrocerias serão fornecidas por empresas brasileiras, seguindo o tradicional modelo trabalhado no país.

O modelo K9 chinês é um ônibus de 12 metros e piso baixo, sendo equipado com 4 portas. A BYD confirma que o layout da carroceria foi projetado especialmente para o mercado brasileiro, que conta com novo design e acessibilidade universal para pessoas com mobilidade reduzida, atendendo às normas locais.

“Os ônibus elétricos não emitem poluentes locais e tem menor ruído em comparação aos veículos convencionais. Além disso, eles também apresentam alta eficiência energética e melhora na operação dos ônibus, o que melhora a qualidade de vida da população”, destacou Adalberto Maluf, diretor de Relações Governamentais da BYD.

Related Posts