• terça-feira , 30 maio 2017

MAN lança Feirão Online e demonstra confiança em novos negócios

Em reunião com a imprensa especializada, a montadora MAN Latin America apresentou dados concretos que subsidiam a sua confiança no Brasil.

Em reunião com a imprensa especializada, a montadora MAN Latin America apresentou dados concretos que subsidiam a sua confiança no Brasil.

Finalmente a indústria de caminhões começa a mostrar algum otimismo com relação à recuperação do mercado. Em reunião com a imprensa especializada, a montadora MAN Latin America apresentou dados concretos que subsidiam a sua confiança no Brasil. Primeiramente, a fábrica de Resende (RJ) já iniciou a redução de 20% para 10% nas folgas do Programa de Sustentação do Emprego (PSE). Na prática, a planta, que já não operava mais às sextas-feiras, retoma as suas atividades em duas sextas-feiras por mês.

A montadora alemã também anunciou, para o período entre 02 de maio a 30 de junho, o primeiro feirão totalmente online de caminhões com o slogan: “Vem que tem negócio: Seu caminhão já está na mão”. A ação comercial garante ao cliente a melhor avaliação no preço do seu veículo usado na troca por um modelo VW ou MAN zero-quilômetro.

“Trata-se de uma ação de varejo, destinada aos pequenos e médios transportadores. Estamos trabalhando com o estoque da nossa própria rede de concessionários e, portanto, os veículos são de pronta entrega”, disse José Ricardo Alouche, vice-presidente de Vendas e Marketing da MAN Latin América.

Roberto Cortes: “O concessionário vai até o cliente avaliar o modelo ofertado na troca. Será a melhor avaliação da região”.

Roberto Cortes: “O concessionário vai até o cliente avaliar o modelo ofertado na troca. Será a melhor avaliação da região”.

Segundo o executivo, o financiamento através do Banco Volkswagen é ainda mais interessante do que fazer via BNDES. “As negociações incluem 10% de entrada, que pode ser abatido na troca do caminhão usado, e taxa de 0,99% ao mês para financiamentos em até 48 meses. Para as transações que envolvem um prazo de 60 meses, a taxa sobe para 1,15%, ainda sendo mais atrativo do que as taxas do BNDES”, explicou Alouche. “Para a compra de implementos rodoviários, a taxa é de 1,17%”, completou.

Os clientes do feirão online ainda serão presenteados com o serviço de Wi-Fi pelo período de um ano, podendo ser renovado pelo próprio consumidor após o período. “Nossa campanha mostra a relação de parceria com nossos clientes e nossa confiança na retomada gradual da economia, no aumento do consumo e, consequentemente, na demanda por transportes. Estamos prontos para o crescimento e é nesse ambiente que estamos focando nossas estratégias, sem deixar de lado a criatividade e nosso DNA de inovação”, garantiu Roberto Cortes, presidente da MAN Latin America.

Grande venda – Durante o encontro, Cortes fez um anúncio importante para a montadora: a confirmação da venda de 100 caminhões do modelo VW Constellation 19.330 Titan Tractor para a transportadora Braspress. O primeiro lote foi entregue na última segunda-feira, dia 24 de abril. “A satisfação do cliente está sempre em primeiro lugar no nosso negócio. A Braspress é nossa cliente desde 2002 e esse lote atual comprova o acerto dessa estratégia”, comemorou o presidente.

Urubatan Helou, presidente da Braspress, recebe pessoalmente o primeiro lote de caminhões VW de Roberto Cortes.

Urubatan Helou, presidente da Braspress, recebe pessoalmente o primeiro lote de caminhões VW de Roberto Cortes.

Próprio para o transporte de até 15 toneladas de mercadorias, o VW Constellation 19.330 Titan Tractor atende a necessidade de entregas rápidas da transportadora. Os novos veículos vão compor a ampliação da frota da Braspress para atender a contratos de encomendas expressas. Para a decisão do negócio, pesou a favor dos veículos Volkswagen sua alta disponibilidade com baixa manutenção.

A Braspress também avaliou de forma positiva o custo total de propriedade dos modelos — que envolve peças de reposição, consumo de combustível, valor de revenda numa futura modernização da frota, entre outros itens. “Nossos clientes são muito exigentes e, nesse mercado tão disputado, temos que nos mostrar cada vez mais ágeis para atendê-los”, destacou Urubatan Helou, diretor presidente da Braspress.

Mercado externo – Considerando o cenário de crise política que derrubou a economia do Brasil, há outras formas de compensar, pelo menos em parte, a retração do consumo de produtos no mercado interno. Por isso, a fábrica de Resende passou a concentrar uma parte ainda maior de seus esforços nas exportações dos caminhões e ônibus das marcas VW e MAN.

“A montadora ampliou em 40% as exportações de caminhões e ônibus no primeiro trimestre deste ano, se comparado ao mesmo período de 2016. Os embarques alcançaram 1.747 unidades no acumulado dos três primeiros meses de 2017, enquanto no ano anterior esse volume foi de 1.250 unidades”, contou Cortes.

O semipesado VW Constellation 17.280 é o modelo mais vendido na Argentina.

O semipesado VW Constellation 17.280 é o modelo mais vendido na Argentina.

No México, os resultados também apresentam melhora de 38% nas vendas de caminhões e ônibus da montadora, que representam 1.820 unidades. Para esses resultados, contribuíram negócios fechados recentemente, como o acordo com a Heineken com a entrega já concretizada das 60 primeiras unidades de um lote total de 150 veículos. Há também as vendas de 181 ônibus para Iamsa e outros 154 para a ADO, ambas empresas de transporte urbano com grande representatividade no México.

Na Argentina, por exemplo, o destaque é o modelo semipesado VW Constellation 17.280, que se tornou o caminhão mais vendido daquele país no primeiro trimestre deste ano. Países como Chile, Bolívia, Costa Rica, Panamá e República Dominicana, além dos resultados na África do Sul, que compreendem as ações da MAN Latin America também tiveram melhora. “A internacionalização da marca Volkswagen Caminhões e Ônibus e dos seus produtos sob medida é um de nossos focos e conta com o suporte de nosso ciclo de investimento de R$ 1,5 bilhão”, acrescentou Roberto Cortes.

Posts Relacionados