Destaque

Governo pode usar Forças Armadas para combater Greve dos Caminhoneiros

Exército Brasileiro

Da redação 

Vergonhosamente, o governo federal poderá usar as Forças Armadas para desobstruir as estradas bloqueadas pelos grevistas. Há expectativa de confrontos contra os caminhoneiros que estão de braços cruzados e se recusam a retomar o transporte de cargas no Brasil enquanto a Petrobras manter a sua política de reajuste dos preços dos combustíveis.

Em seu quinto dia de greve, o protesto tem sido exemplarmente pacífico. O possível uso de violência contra os caminhoneiros pode ser um ato de grande covardia que deve empurrar a opinião pública ainda mais a favor dos grevistas e contra o governo federal, que se nega, juntamente com a Petrobras, a mudar a base de cálculo do custo do combustível.

Em 24 de maio, o governo federal chegou a se reunir com Diumar Bueno, presidente da Confederação Nacional dos Transportadores Autônomos (CNTA), para negociar o fim da greve dos caminhoneiros e chegou a um acordo.

Entretanto, o anúncio de nada adiantou. Afinal, a CNTA é uma entidade com baixíssima representatividade entre os caminhoneiros autônomos. Sendo assim, não representa os interesses do segmento.

Related Posts