CCR RodoAnel simula atendimento de acidente com produtos perigosos

37
Treinamento integrou os processos da concessionária com a Polícia Militar Rodoviária, Corpo de Bombeiros, Grupamento de Radiopatrulha Aérea da Polícia Militar e CETESB

Da redação

A CCR RodoAnel, concessionária que integra o Programa de Concessões Rodoviárias do Estado de São Paulo, realizou na manhã de ontem, 20, simulado de acidentes com produtos perigosos na altura do km 0+300 do Trecho Oeste do RodoAnel, próximo à região do bairro de Perus (São Paulo). Mais de 60 profissionais treinaram técnicas de contenção de emergência química, corte de veículos e resgate de vítimas, contando com apoio do helicóptero Águia da Polícia Militar do Estado de São Paulo. As ações tiveram o apoio da ARTESP (Agência de Transportes de São Paulo).

Além das equipes de Atendimento Pré-Hospitalar (APH) da concessionária, participaram do simulado a Polícia Militar Rodoviária, Corpo de Bombeiros, Grupamento de Radiopatrulha Aérea da Polícia Militar e CETESB. Ao todo, foram utilizados 25 veículos operacionais, incluindo guinchos pesados, viaturas de resgate, veículos especializados na contenção de produtos químicos, além da participação do helicóptero Água da Polícia Militar.

De acordo com Diogo Stiebler, gestor de Tráfego da CCR RodoAnel, “o objetivo do simulado é treinar a atuação em conjunto das equipes das diversas entidades em ocorrências de alta complexidade. A cena simula as características de um acidente real, na qual foram testados procedimentos, técnicas e equipamentos”.

A simulação – O evento simulou a colisão de um automóvel de passeio com cinco passageiros contra uma carreta carregada com produto perigoso, que começou a vazar na pista. As equipes enfrentaram uma série de desafios: “Além de executar as técnicas de contenção do produto químico, os resgatistas atenderam vítimas em diversas gravidades, incluindo uma contaminada pelo vazamento”, aponta Diogo.